Não Te Amo ~ Jão

- 18:50 ❞

Eu juro eu não te amo, eu só bebi demais, amor

A rua vazia, molhada de chuva
O banco do meu carro, me lembra da tua nuca
Um copo de bebida, queimando na garganta
Eu fui a tua vida, agora eu sou lembrança

Do maior amor do mundo todo
Nós vimos quase tudo, de uma ponta à outra
Sabia como dilatar teu olho
Me lembro do dragão nas suas costas na minha cama

Me dizem: "O mundo tá nas suas mãos"
Deixei escapar, então

Não, é claro que eu não te amo
Mas tentar te esquecer já é lembrar de nós
E se eu lembrar não me responde
Eu juro eu não te amo, eu só bebi demais
(BIS)

Eu juro eu não te amo, eu só bebi demais, amor

Vou te esbarrar numa festa desinteressante
Vou brincar sobre nós de um jeito que provoque
E você vai rir pra mim de um jeito tão distante
Vou me condenar mais tarde

Me dizem: "O mundo tá nas suas mãos"
Deixei escapar, então

Não, é claro que eu não te amo
Mas tentar te esquecer já é lembrar de nós
E se eu lembrar não me responde
Eu juro eu não te amo, eu só bebi demais
(BIS)

Eu juro eu não te amo, eu só bebi demais, amor

E se eu te esquecer, quem vai lembrar de nós, amor?
(BIS)

Não Te Amo ~ Jão

Nenhum comentário:

Postar um comentário