Exagerado

- 20:59 ❞

Acho que me tornei exagerado por culpa dos filmes que eu vi. De onde eu tiraria o desejo de querer conhecer alguém na biblioteca, tentando pegar o mesmo livro, ao mesmo tempo, segurando pela capa em lados opostos? Pra que eu iria querer trombar com alguém no meio da rua e derrubar as coisas dela, me abaixar para ajudar a recolher, e depois levantar a cabeça devagar, até me deparar com o rosto mais bonito que eu já vi na minha vida? É assim que o meu subconsciente fica pedindo pra eu me apaixonar; trombando em pessoas, derrubando coisas. Talvez eu devesse ir mais em bibliotecas e arriscar livros diferentes. Ou talvez, só talvez, eu devesse assistir outros filmes, sobre pessoas que prestam atenção quando andam na rua. E olha que eu nem espero viver a paixão de um grande filme, pode ser um bem modesto, daqueles que a gente vê na sexta-feira à noite: quando preferimos ficar no sofá do que sair pra rua, evitando pedir o mesmo táxi com alguém, e por coincidência para o mesmo destino. Ah, em um dia de chuva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário