Mãos

- 16:59 ❞

Deram as mãos pela primeira vez. E isso foi muito depois do beijo, do sexo e de confessarem medos. Aconteceu num momento banal, quando estavam prestes a atravessar uma rua qualquer. As mãos se atraíram como dois ímãs macios. Foi automático, elas nem perceberam. Foi como se os corpos tivessem dito: eu cuido de você e você cuida de mim. Seguiram de mãos dadas por todo o caminho. Atravessaram muitas ruas a partir daquele dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário