Lisboa ~ ANAVITÓRIA & Lenine

- 22:37 ❞

Eu vejo tua cara e teu querer perverso
A gente fica bem aqui no chão da sala
Eu te queria a vida toda te confesso
Por mim, a gente nem precisa mais da estrada

Eu vejo você longe e quero você perto
Fica na minha sombra, eu posso ser teu rastro
Não quero tu na linha, vivo, morto ou claro
Eu quero tu na minha boca e a minha boca quer você, ê, êê
Quer você, ê, ê, ê, ê, ê, ê

Diga pra mim que é real
Que eu te prometo meu melhor
Fala pra mim o que eu quero ouvir
Que tu sentiu o que eu senti

Eu vejo tua cara, o teu querer perverso
A gente fica bem aqui no chão da sala
Eu te queria a vida toda, te confesso
Por mim, a gente nem precisa mais da estrada

Eu vejo você longe e quero você perto
Fica na minha sombra, eu posso ser teu rastro
Não quero tu na linha, vivo, morto ou claro
Eu quero tu na minha boca e a minha boca quer você, ê, êê
Quer você, ê, ê, ê, ê, ê, ê

Diga pra mim que é real
Que eu te prometo meu melhor
Fala pra mim o que eu quero ouvir
Que tu sentiu o que eu senti

Me diga agora, por favor
Que eu vou correndo te abraçar
Te quero tanto, é quase dor
É com você que eu quero estar

Se for por mim
Vai ser assim
É só você querer

Pra gente, enfim, se amar
Pra gente, enfim, se amar
(BIS)

Lisboa ~ ANAVITÓRIA & Lenine

Nenhum comentário:

Postar um comentário