Piloto da Nasa ~ Gaab, Vulgo FK & MC Kevin

- 16:12 ❞

Tô te pedindo carinho, amor, você não dá
Você não dá, você não dá
Tem um monte que faz fila pra ter seu lugar
O seu lugar, o seu lugar

Tô te pedindo carinho, amor, você não dá
Você não dá, você não dá
Daqui a pouco elas sentam de tanto esperar
De tanto esperar, de tanto esperar

O meu sangue quente, enche o copo com ice
Será que só eu sinto saudade?
Será que a minha mente sempre fala a verdade?
Quando eu minto, eu já sei que você sabe

Você me surpreende, você não vale nada
Você ama dar uma sabotada
Pilota esse foguete na cama lá em casa
Pra-prazer, eu sou o piloto da NASA

Quantos flashback pra você aparecer?
Sei que se importa com o que eu tenho pra fazer
Quando você pensa que conseguiu me esquecer
Fica esperando a nossa brisa bater

E vai bater, bate, bate, enlouquece
Sobe e desce, crazy life
Bate, bate, enlouquece
Sobe e desce

Tô te pedindo carinho, amor, você não dá
Você não dá, você não dá
Tem um monte que faz fila pra ter seu lugar
O seu lugar, o seu lugar

Tô te pedindo carinho, amor, você não dá
Você não dá, você não dá
Daqui a pouco elas sentam de tanto esperar
De tanto esperar, de tanto esperar



E ela me falou pra não levar a sério
As coisas que ela fala quando tá com tesão
Bandida, você sabe, aqui não tem mistério
Te dou o que cê quer, eu te tenho na minha mão

Cê quer andar de nave e mostrar pras suas amigas
Quer ser diferente pra chamar a atenção
Mas só que desse jeito eu não quero pra minha vida
Vai ser só uma noite, então não acostuma, não

A fumaça sobe enquanto a bunda dela desce
Em quatro paredes é você que me obedece
Sabe que eu sou diferente daqueles lek
Que não tem responsa, é só ideia de pivete

Já fui da vida errada e não erro mais na minha vida
Por isso eu não dou mais moral pra essa bandida
Amo o rebolado dela que me enlouquece
Se pôr ouro, derrete e vira VVS

Linda, bandida
Beleza que esconde a sua intenção
Olhar de felina
Cabelo na bunda, vermelho o batom

Seja a minha melanina, mulher é um livro sem final
De relembrar daquela que acabou com a minha, acabou com a minha vida
No maloqueiro original, fui cair no canto da lingerie assassina

E tá matando o meu coração
Tá me deixando no beco sem saída
Confesso que sua boca é um sucesso
Pra mostrar o que eu mais quero dessa sereia

Linda, bandida
Beleza que esconde a sua intenção
Olhar de felina
Cabelo na bunda, vermelho o batom

Chama as amigas
Pra viver o mundo que é de ilusão
Dia após dia
Não volta pra casa da família, não

Tem muita idade, quer ser dependente
Tem finalidade de entrar na mente
Sempre de verdade, pura e consciente
As inimigas não bate de frente

Se achando a mais top
Se achando do baralho a última carta
Seu jeito não me comove
Maloqueiro tá treinado que logo cai da...

Sou da favela, já passei apuro
Desde o tempo da escola já pulava muro
Cresceu, venceu, esqueceu os estudos
O crime é cria, mas daquele mundo e não do meu mundo

Acho um absurdo
Ver que cada dia passado vira futuro
E ela é linda e perigosa
5G na blunt, foda que ela fumou tudo

Tô te pedindo carinho, mas você não dá
Desculpa, baby, te magoar
Não descola a porra da senha do celular
Quem procura pode se machucar

Tô te pedindo carinho, amor, você não dá
Você não dá, você não dá
Tem um monte que faz fila pra ter seu lugar
O seu lugar, o seu lugar

Tô te pedindo carinho, amor, você não dá
Você não dá, você não dá
Daqui a pouco elas sentam de tanto esperar
De tanto esperar, de tanto esperar

Piloto da Nasa ~ Gaab, Vulgo FK & MC Kevin

Nenhum comentário:

Postar um comentário