Baixinho

- 00:30 ❞

Vou falando baixinho para me certificar de que todos os meus neurônios me escutem, para que nenhuma outra poluição sonora atrapalhe o andamento da minha memória te esquecendo, para que o mundo não roube o meu direito de te expelir do meu corpo, das minhas células, de um Eu que já foi tocado e penetrado por você: "Você é a última vez que faço isso, você é a última vez que faço isso, você é a última vez que faço isso".

Nenhum comentário:

Postar um comentário