Cão

- 23:52 ❞

Eu espero carinho tanto quanto você, meu cão. Balanço o rabo do meu jeito, procurando atenção. Mas to longe de demonstrar amor como você, dom esse que nasceu contigo, junto com essa barriga careca. Não se pode ser melhor que você, ser mais atencioso que você, assim, sem esperar nadinha em troca. Eu sei que você aceita um pedaço de carne, mas se não tiver, você vai estar aqui do mesmo jeito, mesmo que eu abra o portão, mesmo que eu não te diga nada. Você é a resposta do amor verdadeiro, entrega o olhar e lambidas simplesmente por prazer, querendo me agradar, pois acredita que de alguma forma eu adoro isso que você faz. Bom, a gente aprende a adorar. Quer colo, entrega colo. E brinca, pra divertir os dois, e não sozinho. A impressão é sempre a mesma, que nascemos juntos, e que você esteve aqui o tempo todo. Me ouve atencioso e entrega a cabeça, querendo demonstrar que tá tudo indo bem - faz carinho aqui. Como se o carinho resolvesse tudo. e sem perceber, ele resolve. Invejo vocês, que conseguem viver sem um cachorro, é coragem demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário