Frio

- 00:55 ❞

No fundo nem você acredita que o meu coração é frio. Eu brinco, você brinca, mas sabemos que não é nada disso. Você, aliás, sabe umas poucas e boas que ele passou, viu de pertinho. E viu, depois, que eu saí viva, porque é vivo que a gente tem que sair, entende? Eu tive que sair viva, e é por isso que meu coração se confunde tanto com pedra: porque teve que endurecer a superfície pra proteger o interior - aquele mesmo feito de olhos que brilham a qualquer sinal de cenas clichês de amores baratos.
Mas você sabe, todo mundo pode ver, está tatuado na minha pele: o amor é lei. Em cada vez que eu te olhei, você pode ter a certeza de que a lei não foi corrompida.
No fundo até você sabe que é só trocar meio olhar comigo que o meu coração já vira flor. E, por favor, se você puder, só por bondade, regar aqui de vez em quando, eu agradeço. Sabe como é, tenho problemas para respirar - imagine para amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário