CARA ~ Carolzinha & MARCELA

- 20:59 ❞


Vagabundo fica mordido comigo
Eu vejo, eu quero, eu posso eu consigo
E a cara nem treme

Vê meu close, mas não corre comigo
Diz que eu dependo de um cara
Eu que sou cara, eu que sou cara

Cara nem treme, corre que a mãe tá de Porsche e não vai ser no seu banco de trás
Bancando joia cara e não tem patrocínio, nossa grana eu te digo quem faz
Liguei pra Carolzinha e logo dei perdido no meu ex que não sai do meu pé
Se quiser vir cê já sabe qual é, só que vai ser do jeito que eu quiser

Hã, hã, hã
Fendi, Gucci, Prada, ele diz que é meu fã
Mas não para e pensa se eu volto amanhã
Mas já decidi que eu não volto, eu não volto
(BIS)

Vagabundo fica mordido comigo
Eu vejo, eu quero, eu posso eu consigo
E a cara nem treme

Vê meu close, mas não corre comigo
Diz que eu dependo de um cara
Eu que sou cara, eu que sou cara

Cada dia um cabelo, cada dia uma unha
Princesinha da Disney, quase uma (?)
Minha stump botada, tá lá
Sabe que eu sou cara, sou cara

Quer brotar no meu camarim, fica dando em cima que nem urubu, uh
Mas se for chegar mandado vai voltar de ré, dou o papo pra tu
Ei, ih, tô que nem Anitta, a braba empresária, cantora e outras cositas
Até (?) feia, deve ser horrível me odiar e não poder chamar de feia, ha, ha, ha

Cê sabe, né?
I see it, I like it, I want it

Eu tô gostando de um menino aí, mas não emociona que não é só de ti
Sabe que eu tô pro game sonhando e trampando eu não tô à toa
Mas já me conhece e não sabe, cê canta minhas rimas nas vozes das outras patroas
Tem que ser homem pra carai se quiser ter do lado uma mina que voa

Vagabundo fica mordido comigo
Eu vejo, eu quero, eu posso eu consigo
E a cara nem treme

Vê meu close, mas não corre comigo
Diz que eu dependo de um cara
Eu que sou cara, eu que sou cara

CARA ~ Carolzinha & MARCELA

Nenhum comentário:

Postar um comentário