03:48

Fim


Eu quis gritar, te implorar pra ficar e fazer qualquer outra coisa que te fizesse mudar de idéia. Eu chorei muito, e me desculpa por estar te ligando agora. A verdade é que a gente não sabia como amar, e estar ao seu lado seria como estar sozinho também. Hoje eu tenho bebido menos, fumado menos e meu peito tem doído menos também. É como se o amor estivesse guardado em um lugar onde nem eu mesmo sei onde joguei a chave. E já não me importa se você tem transado com outras pessoas, se resolveu viajar ou se fez outra tatuagem. Eu não estou te escrevendo por amor, estou aqui por necessidade. Necessidade de ter uma conversa adulta, coisa que nunca fomos capazes. Sempre fazíamos do pior jeito, feito duas crianças mimadas, deixando as coisas banais serem maiores que o nosso sentimento. A gente perdeu muito tempo se preocupando em quem machucaria mais, quem sofreria menos... Fizemos do amor uma disputa boba onde nenhum de nós dois saiu vencendo. E enquanto você me tratava como um alguém qualquer eu descobri que nem sempre o amor é suficiente. Porque a gente tinha tudo pra ser feliz. A gente tinha tudo pra ser tudo, mas somos apenas nada. Dentre todas as coisas boas você optou por ser meu pesadelo e eu escolhi por ser a pessoa que você evita. Meu coração já nem bate tão forte quando escuta teu nome, e já nem é de você que lembro quando ouço aquela música que a gente dizia ser nossa... Espero que isso aqui não te machuque, eu só vim te agradecer. Se um dia pensar em voltar, lembre-se da nossa última conversa e do seu "pra quê?". Coloca um vestido preto, um salto e um batom vermelho, e me liga, eu estarei esperando para te levar para sair da minha vida.


23:59

Instagram da Semana ~ 304

Sexta


De todas as belezas, coragem. 💪🏻 💎

No escuro da tua inveja a minha luz é néon! 🎶 😘 #LolaVerona 💅🏻

03:48

Museu


Achei que eu poderia ir ao museu sem pensar em você, pensei que não precisaria fugir deles assim como fujo de uma dezena de restaurantes e bares que costumavam ser nossos. Lugares que eram os meus preferidos apenas por serem os teus. Mas dos museus eu não tinha medo algum, até chegar lá e notar logo no começo que não havia você para abraçar enquanto liamos as pequenas letras que nos explicava a exposição. Eu sempre acabava de ler antes - pois fingia que lia tudo - e esperava você terminar enquanto morava em teu pescoço. Durante a visita era um abraço em cada peça de arte, um desencontro, um encontro, e alguém acelerava enquanto outro escolhia um quadro para namorar. "Olha esse que lindo", e achávamos lindo juntos, e também riamos de todos que não entendíamos. O museu parece vazio sem teu sorriso ou olhar intrigado, sem tua mão desprendendo da minha por pressa de ver tantas cores. Saio do museu com medo, perdido no caminho de volta, querendo arrancar teu nome dos lugares desta cidade. E agora, para onde eu vou?


02:37

Uma Quase Dupla

• Título Original: Uma Quase Dupla
• Lançamento: 19 de julho de 2018
• Dirigido por: Marcus Baldini
• Atores: Tatá Werneck, Cauã Reymond, Louise Cardoso...
• Gêneros: Comédia
• Nacionalidade: Brasil

Quando uma série de assassinatos abala a bucólica rotina da cidade de Joinlândia, o calmo e pacato subdelegado Claudio (Cauã Reymond) recebe a ajuda da destemida e experiente investigadora Keyla (Tatá Werneck) nas investigações. No entanto, a diferença de ritmo e a falta de química dos dois só atrapalha a solução do misterioso caso.

O filme é bem engraçado, é todo aquele besteirol brasileiro de sempre, mas qnd eu achava qê a personagem da tatá qê ia ser a qê não sabe de nada, na verdade é o contrário. E é isso qê faz o filme ter uma pegada legal. Gostei bastante.


00:27

Duas de Mim

• Título Original: Duas de Mim
• Lançamento: 28 de setembro de 2017
• Dirigido por: Cininha de Paula
• Atores: Thalita Carauta, Latino, Alessandra Maestrini...
• Gêneros: Comédia
• Nacionalidade: 3

Suryellen (Thalita Carauta) é uma cozinheira que trabalha duro para manter sozinha o filho pequeno, a irmã mais nova (Letícia Lima) e a mãe (Maria Gladys). Um dia, após encontrar uma doceira mágica (Stella Miranda), seu pedido vira realidade e ela se divide em duas. Só que sua cópia, idêntica fisicamente, tem claras diferenças de personalidade, sendo muito mais extrovertida e corajosa. A ideia seria dividir as tarefas com a comparsa, mas logo Suryellen percebe que sua sósia tem planos próprios.

O filme não é tão engraçado como eu esperava, mas tem a sua pitada de humor. É mais aquele filme qê te faz parar & pensar na sua vida. A história bem qê me surpreendeu, prqê eu achava qê ia ser uma coisa & foi outra. Mas, em todo caso, o filme é bom sim.


21:44

Tudo Por Um Popstar

• Título Original: Tudo Por Um Pop Star
• Lançamento: 11 de outubro de 2018
• Dirigido por: Bruno Garotti
• Atores: Maisa Silva, Klara Castanho, Mel Maia...
• Gêneros: Comédia, Família, Música
• Nacionalidade: Brasil

A banda pop Slavabody Disco Disco Boys, febre entre as meninas de todo o Brasil, anuncia que irá tocar no Rio de Janeiro. Fãs de carteirinha do grupo, as adolescentes e melhores amigas Gabi (Maísa Silva), Manu (Klara Castanho) e Ritinha (Mel Maia) farão de tudo para que seus pais deixem que elas assistam ao show do grupo longe da cidade onde moram.

Confesso qê me obriguei a ler o livro prqê a leitura não me agradou mto, mas o filme foi mto melhor qê eu esperava. Acho qê as coisas qê mudaram do livro pro filme melhoraram mto a história & as três personagens principais têm mta química.


03:18

Por Que Não Demos Certo?


Essa é a pergunta que me faço quase que diariamente. Não foi por falta de amor que não ficamos juntos. Eu te amei e você me amou. Não foi por falta de carinho. Eu distribuí gestos e você também. Não foi por falta de um "eu te amo", de um beijo na chuva e nem de nenhuma dessas coisas clichês que os casais bobos fazem quando estão apaixonados. Agora você deve estar se perguntando: por que então não demos certo? Eu só encontro uma resposta: a gente não ficou junto por falta de vontade. Parece duro falar assim, mas para mim essa é a única razão. Não demos certo por falta de querer dar certo. Porque se a gente quisesse, meu bem, a gente dava um jeito.
Mas a gente só foi deixando de lado. Deixando de lado o nosso amor, tudo o que sentíamos um pelo outro e a nossa reciprocidade. Quando um não quer, dois não dão certo. Isso porque toda relação é uma construção. Não adianta continuar remando o barco se o outro já pulou dele. Não adianta porque é em vão. Eu queria ter feito a gente dar certo. Como eu queria! Mas desejar sozinha não é o suficiente. E hoje eu vejo que, infelizmente, você deixou o nosso barco, a nossa história e a nossa chance de sermos um casal como outro qualquer. Hoje eu vejo que faltou entrega, faltou vontade de lutar por nós dois e de enfrentar o mundo juntos.
Acho que em algum momento a gente se perdeu. E logo a gente, que era tão um do outro. Vai entender, né? E hoje é só mais um daqueles dias em que eu procuro o motivo de a gente ter acabado com a gente. Eu me recuso a acreditar naquele outro clichê que diz que só não era para ser. Me recuso mesmo. Sei que quando as pessoas querem fazer dar certo elas dão. Elas fazem do impossível algo possível sem contestar. Elas fazem porque sabem que dar certo só depende delas. Então é isto: me recuso a colocar a culpa no destino, nos nossos signos ou nas nossas diferenças. No fim, eu admito, a culpa de não estarmos juntos é minha, é sua, é nossa.


21:28

Especial de Natal: Se Beber, Não Ceie

• Título Original: Especial de Natal: Se Beber, Não Ceie
• Lançamento: 21 de dezembro de 2018
• Dirigido por: Rodrigo Van Der Put
• Atores: Gregório Duvivier, Antonio Tabet, Pedro Benevides...
• Gêneros: Comédia
• Nacionalidade: Brasil

Conheça Jesus, o primeiro influenciador a conquistar seguidores sem seguir de volta. Mesmo se não acredita nele, já o viu por aí, ou leu o Novo Testamento, sua biografia. O 'Especial de Natal - Se Beber Não Ceie' é uma adaptação para as telas da Santa Ceia, a passagem da Bíblia, para todos que ainda não leram o livro. E para quem leu também. Na sátira do Porta dos Fundos serão reveladas as verdades e os desafios da última ceia, quando Jesus desapareceu e os apóstolos precisam encontrá-lo e desvendar o que aconteceu na noite anterior, em uma saga repleta de momentos mágicos, aventuras, traição, assassinato, consumo de drogas, amnésia alcoólica e nenhuma culpa cristã.

O filme é engraçado, mesmo qê tire sarro de uma história bíblica. É engraçado pensar qê as coisas poderiam não ter acontecido exatamente como tá escrito, porém as piadas do filmes são bem bestas mesmo.


20:23

Música


Ele: Mas você me ama?
Ela: Isso faria você ficar?
Ele: Eu só preciso de um motivo.
Ela: Amar não é um motivo. Gostar de Paralamas é. Continuar fazendo carinho mesmo que eu tenha dormido no meio do filme também é.
Ele: Você entendeu.
Ela: Gostar do cheiro mais do que chocolate quente no frio. Desculpa, é que lembrei de mais um.
Ele: Já entendi, o amor é o conjunto de motivos.
Ela: Não, não é isso. Não importa o que é o amor se a gente gosta do carinho e do cheiro, ou se a música está boa para os dois.
Ele: Então o amor não existe?
Ela: Shiu.. do amor não se fala, não se pergunta. O amor é ou não é.
Ele: Hmm..
Ela: Coloca outra música.


10:29

Carta Para os Meus Ex's


Vcê era um ruivinho branquelo, sardentinho & bem tímido. É assim qê eu me lembro de vcê. Eu não lembro do teu rosto, nem faço a mínima ideia de como poderia estar agora, mas eu ainda me lembro de todas as sensações qê eu tinha ao chegar na aula & ver vcê. Não era uma obsessão. Eu não precisava ficar todo o tempo olhando pra vcê ou imaginando o qê vcê estivesse pensando ou fazendo, mas ainda assim, eu sonhava qê a gente, um diia, fosse ter a nossa primeira conversa. Eu não tinha desejo de te beijar, prqê eu ainda era mto nova, mas cada aproximação me deixava envergonhada & ao mesmo tempo empolgada. Eu era ingênua &, talvez, o fato da minha melhor amiga ter dito qê um diia, indo embora da escola, vcê tinha assumido qê gostava de miim, tenha feito com qê eu tenha reparado em vcê & me apaixonado. Eu nunca soube se isso era verdade. Eu nunca tive coragem de perguntar se isso realmente aconteceu. Acho qê prqê na minha cabeça eu queria acreditar qê fosse real. Eu lembro de uma vez qê essa mesma melhor amiga & um outro amigo nosso ficou tirando onda da gente, como se vcê gostasse de miim & eu fiquei morta de vergonha. Vcê ficou com vergonha também, mas não sei se foi pelo seu excesso de timidez, ou se foi prqê aquilo era real, mas, mais um vez, eu não quis saber a verdade. Eu gostava de acreditar qê aquilo era real. Eu lembro qê um ano depois, rolou um boato de qê vcê era afim de uma colega minha & isso não me atingiu de uma forma tão negativa, mas ouvir ela falando sempre de alguma idiotice qê vcê fez por gostar dela & o fato dela de esnobar, isso me magoava. Eu não sei se tava na cara qê eu gostava de vcê & por isso ela sempre falava isso pra miim. Ou se, simplesmente, ela só queria se gabar disso pra alguém. Mas assim ficou por mto tempo &, um diia, do nada, eu percebi qê vcê se foi. Vcê nunca mais apareceu na escola. Assim, meu sentimento por vcê, qê tinha surgido do nada, tinha ido embora do nada. E depois de mtos anos, essa minha melhor amiga me contou qê tinha te reencontrado & qê vcê já não era mais nada daquilo qê era na época da escola. E mais uma vez, eu não quis ouvir. Era melhor eu ficar com a sua imagem na minha cabeça, calado, quieto, sempre envergonhado, a mesma imagem qê me encantava tanto.

Para C