Acústico Altamira #16 - Ciúme ~ Gabily, Yas & Tati Zaqui

- 22:57 ❞

Pa-pa-para, preto, com esse sentimento
Ele não te faz bem, ciúmes nunca provou o amor de ninguém
Eu vou te mostrar que o meu amor é livre
Mas cê pode confiar que eu vou, mas volto só pra te encontrar

Quero poder provar, não espero que entenda
A minha liberdade não tá a venda
Me diz pra ver amores e vi
Que afeto não é posse, aprenda

Então se for pra gente ficar junto
A confiança vai prevalecer
Como ciúmes pode ser assunto
Se cada verso aqui é pra você

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor e paz

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor e paz

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor

Quem tá te segurando, tá achando o que
Você é toda e ele cheio de joguinho fala que te ama
A gente fica cega quando se apaixona

Me desculpa, amiga, tem que me ouvir
Se fosse amor não deixaria de sorrir
Se fosse não deixaria reprimir
Amar é também saber hora de partir

O amor é leve, não tem impasse
O amor não mente, o amor não bate
O ciúme bobo não causa desgaste
Menina, nunca é tarde
(BIS)

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor e paz

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor e paz

Eu só quero a paz
Do nosso amor
Só quero amor

Amor, eu queria que desse certo
Esse nosso amor bandido era tão sincero
Eu esperava mais desse cara
Que, pra mim, só mandava o papo reto

Sabe que meu coração é teu
Esse dilema é todo seu
Ter ciúme de algo que é seu
Não faz sentido, tu já percebeu

É que falar de nós dois
É como um filme sem saber do depois
Na cama sem critério, achei o cara certo
Eu só quero paz, só quero amor

Paz e amor, paz e amor

Acústico Altamira #16 - Ciúme ~ Gabily, Yas & Tati Zaqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário